A SUPERVALORIZAÇÃO DA NOSSA BELEZA AOS OLHOS DOS OUTROS

A beleza, em suas diversas formas, é algo singular, algo único e com padrões diferentes. Para mim, uma pessoa bela não se resume a um corpo e um rosto bonito, e sim uma pessoa que se preocupe, que se importe com os outros, cuide dos animais, tenha empatia com as pessoas, tenha brilho nos olhos ao contar o que gosta e em fazer os outros sorrirem e que seja autêntico, quem realmente é. A beleza é transformadora, faz com que o físico se transforme. Esse é o padrão de beleza que eu considero, e o que sigo. Não uso maquiagem, não gosto de salto alto e não sigo o que outras pessoas acham bonito.

Não é fácil se sentir bem consigo mesmo, ainda mais quando estamos tentando agradar aos outros, tentamos seguir um padrão que não é nosso. Se você se sente bem com o seu corpo do jeito que é, maravilha; se quer fazer algo para mudar, tudo bem também. caso precise emagrecer, fazer um tratamento estético, qualquer coisa que o faça se sentir bem. Porém que seja por você, seguindo os seus padrões.

A sociedade impõe uma beleza que não existe, não é real, e podemos ver o quanto isso nos afasta, nos sentirmos inferiores por não alcançarmos uma beleza real, natural. Veja a natureza, cada flor, cada árvore, cada folha é diferente, uma tem uma cor mais bonita, um cheiro mais suave, um significado mais especial, e mesmo assim eu duvido que nossas flores favoritas sejam a mesma, nossas vidas, nossos padrões, não são iguais, porque nossa beleza deve ser?

Seguimos um padrão inexistente de beleza que não nos fazem felizes, não nos fazem nós mesmos, e esse deveria ser o sentido da beleza, cada um ser quem é, cada um sentir a própria beleza, afinal, todos temos um motivo pelo qual nos orgulhamos e nos sentirmos belos. A sociedade espera que todos sejam iguais, querem tornar um padrão único para todo e que sejamos magros, cabelo liso, estejamos sempre bem apresentáveis e que isso é o que mais importa, mas estão errados.

Nada se compara à autenticidade, à alegria de ser quem somos, o que importa a beleza que o outro acha? Você deve se sentir belo por ser quem é, por fazer o que gosta. Nada vai se comparar a beleza de ser quem você é, de fazer o que você gosta, esse sim deve ser o seu padrão de beleza, ser quem você gostaria de ser.

A beleza deve vir da simplicidade, da leveza com que uma borboleta pousa em uma flor, uma abelha indo buscar seu pólen, da alegria de um cachorro ao encontrar carinho, de um gato ao se aconchegando no seu colo ou quando ficam admirando a beleza de ver algo diferente. O seu padrão de beleza deve ser a forma que você vive, que te faz bem, e que te faça feliz.


Amanda Andrade é estudante de turismo e de administração. Amante da arte e da literatura, planeja ir mais a fundo nessa área e publicar alguns projetos.


Uma vez
Mensal
Anual

Apoie a Trama e nos ajude a continuar crescendo!

Fazer uma doação mensal

Fazer uma doação anual

Escolha um valor

R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

DoarDoar mensalmenteDoar anualmente

Deixe uma resposta