EXPOSIÇÃO VIRTUAL – MAR DE PLÁSTICO

Dentro de tantos futuros incertos, o que sabemos é que não dá para falar do uso do plástico, principalmente, o descarte no mar só por falar ou agir hipocritamente. Tem que haver ação diária. Mudança de hábitos.

O editorial de moda “Mar de Plástico” surgiu como trabalho de conclusão de curso da produtora de moda Dandara Oliveira. Através da fotografia de moda, os temas da poluição dos oceanos, da dominação humana sobre o mar, do descaso com a vida marinha e da possível extinção de espécies foram abordados como forma de conscientização do público.

Mar de Plástico

O plástico se acumula no oceano desde os anos 1960. Os indivíduos são responsabilizados e as indústrias não mudam seus hábitos.
O ecossistema colapsa.
Como protagonista, o plástico compõe uma estética kitch que beira o horror.
O Grito da Liberdade

Quando a natureza e seus elementos (como o Mar) estão pedindo socorro, o homem não tem outra opção a não ser gritar.
A performance da modelo nessa ocasião é mais intimidadora, mostrando que, se não há possiblidade de vida nas águas, a vida humana também não faz nenhum sentido.
Sufocada

A extinção da espécie humana está tão perto de acontecer que nem é noticiada.
Enquanto, os seres marinhos morrem por engolirem plástico e microplásticos, o homem, em sua cartada final, tenta dar um novo uso àquilo que tanto sufoca.

O mesmo plástico que vem matando a natureza passa também definir o fim da espécie humana, pois quanto mais sujos estiverem mares e rios, sufocante será a existência do homem na terra.
O Mar Azul

Haverá sempre uma esperança na humanidade. E haverá sempre uma nova chance. Mas e para a natureza? Haverá uma segunda chance?
A resposta é que nem tudo na natureza se regenera… O mar, em sua plenitude, carrega tudo de bom e de ruim que pode vir a existir nele.
Sempre azul.

Cheio de beleza e vida, ele carrega a esperança em um futuro em que os seres vivos e a humanidade voltem a ser um só.
E que o homem não tenha mais que sujar e degradar por ambição o que a natureza deu a ele de graça.
Rainha do Mar

Na concepção e na razão humana, o homem é dono de tudo.
No mar, porém, o homem não possui esse poder.
A rainha das águas é quem rege e doma o seu território.
Mesmo com toda devastação causada por obra humana, a rainha do mar não deixa de contemplar o homem com suas ondas, de proteção e beleza.
A performance da modelo é delicada, ao se fazer dormir em meio as conchas, e contemplativa, aos olhares de quem vê.

Dandara Oliveira é profissional do segmento de moda. Atualmente, trabalha como produtora de moda freelancer para um Ateliê de Alta costura, realizando ensaios e editoriais. Seu objetivo é expandir para que todos tenham a oportunidade de conhecer e saber o que é um editorial de moda consciente.


Uma vez
Mensal
Anual

Apoie a Trama e nos ajude a continuar crescendo!

Fazer uma doação mensal

Fazer uma doação anual

Escolha um valor

R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

DoarDoar mensalmenteDoar anualmente

Deixe uma resposta