ONU convida comunidade criativa a enviar peças sobre o coronavírus; saiba como participar

Você tem o poder de mudar o mundo por meio da criação de artes e peças de comunicação? Então a ONU precisa de sua ajuda para impedir o avanço da COVID-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

Estamos vivendo em tempos sem precedentes. A Organização Mundial da Saúde (OMS) está liderando e coordenando a resposta de saúde global ao coronavírus, ajudando a garantir que todos os países estejam prontos para prevenir, detectar e responder à pandemia.

Para ser eficaz, precisamos de pessoas em todos os lugares para adotar precauções de saúde pública, agir de forma solidária e impedir a disseminação de informações falsas.

As Nações Unidas precisam de sua ajuda na adaptação de mensagens críticas de saúde pública, em um trabalho que envolva e informe pessoas de diferentes culturas, idiomas, comunidades e plataformas. O trabalho pré-selecionado alcançará a todos, em qualquer lugar.

A ONU revisará continuamente as contribuições e selecionará as melhores, tornando-as visíveis em todo o mundo.

Não é tarde demais. Ninguém pode fazer tudo, mas todos podem fazer alguma coisa. Juntos, podemos salvar vidas.

Saiba como contribuir clicando aqui. Atenção ao prazo: dia 9 de abril.

Matéria originalmente publicada em Nações Unidas Brasil em 03/04/2020 – Atualizado em 03/04/2020.


A ONU (Organização das Nações Unidas) é uma organização internacional formada por países que se reuniram voluntariamente para trabalhar pela paz e o desenvolvimento mundiais.


Versão Impressa – Edição Conceito

Exemplar impresso da edição conceito da Trama, contendo os 10 textos mais lidos até sua diagramação. Autores selecionados: Ricardo Cristófaro, Dane de Jade, Enrique Coimbra, Gyovana Machado, Frederico Lopes, Caroline Stabenow, Gabriel Garcia, Marcus Cardoso, Kariston França, Paola Frizeiro, Luisa Biondo.

R$35,00


Clique na imagem para acessar a loja virtual da Bodoque!


Galeria

Apoie pautas identitárias. Em tempos de cólera, amar é um ato revolucionário.

Deixe uma resposta