Matemática Superior

O caos reside em mim
Tão certo quanto a ordem
No espalhamento de cacos vítreos
De copo ao chão
Quebrado em pedaços-dezenas
Meu coração fractal
Respira, aspira eterna espiral
Recorta, entorta número transcendental
Como pulsa o pulso no pulso
Como pulsa o pulso da emoção
Como pulsa a pulsão sexual
Como pulsa o impulso nervoso
Eu sou tantos
Eu sou vários
Conto comigo
Conto ao outro quem sou
Conto a mim o número que estou
Geometria descritiva do pensar
Eterna dúvida, incessante indagar
Se a persona esquizóide procurar
Diga que não vou
Fico na calçada, sentado na esquina
Resolvendo exercícios algébricos

Gabriel Lopes Garcia é poeta. Atua como professor de Física nas horas vagas.



Ajude a manter a Trama adquirindo cadernos artesanais da Bodoque! Você leva pra casa um produto feito à mão único e, de quebra, apoia a revista!

VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL!

GALERIA

O Brasil foi um dos países-chave na elaboração da Declaração da ONU sobre os Direitos dos Povos Indígenas, que o país assinou em 2007. É parte da Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho, que assegura os direitos dos povos indígenas às suas terras ancestrais e convoca os Estados a estabelecer mecanismos para reconhecê-los e defendê-los nos tribunais. A Constituição brasileira (1988) também confirma esses direitos e a responsabilidade do Brasil em demarcar as terras indígenas.

Deixe uma resposta